ARTIGOS

Você está em - Home - Artigos - Avanços Tecnológicos Recentes na Imagem de Ultrassonografia Cardíaca

Avanços Tecnológicos Recentes na Imagem de Ultrassonografia Cardíaca

Cerca de 92,1 milhões de americanos sofrem de pelo menos um tipo de doença cardiovascular. Em todo o mundo, as doenças cardiovasculares são a causa número um de morte (cerca de 31% de todas as mortes globais). Avanços tecnológicos recentes na ultrassonografia cardíaca são esperados para auxiliar no diagnóstico clínico de muitas doenças cardiovasculares. Este artigo fornece uma visão geral de tais avanços tecnológicos recentes, focando especificamente em imagem de Doppler tecidual, imagem de estirpe, ecocardiografia com contraste, ecocardiografia 3D, ecocardiografia de ponto de atendimento, avaliações de fluxo volumétrico 3D e elastografia. Com esses avanços, a ultrassonografia está mudando rapidamente o domínio da imagem cardíaca. As vantagens oferecidas pela ultrassonografia incluem imagens em tempo real, imagens no lado do leito do paciente, custo-efetividade e imagens sem radiação ionizante.

Fonte: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5808891/

VEJA TAMBÉM:



Texto Original

About 92.1 million Americans suffer from at least one type of cardiovascular disease. Worldwide, cardiovascular diseases are the number one cause of death (about 31% of all global deaths). Recent technological advancements in cardiac ultrasound imaging are expected to aid in the clinical diagnosis of many cardiovascular diseases. This article provides an overview of such recent technological advancements, specifically focusing on tissue Doppler imaging, strain imaging, contrast echocardiography, 3D echocardiography, point-of-care echocardiography, 3D volumetric flow assessments, and elastography. With these advancements ultrasound imaging is rapidly changing the domain of cardiac imaging. The advantages offered by ultrasound imaging include real-time imaging, imaging at patient bed-side, cost-effectiveness and ionizing-radiation-free imaging. Along with these advantages, the steps taken towards standardization of ultrasound based quantitative markers, reviewed here, will play a major role in addressing the healthcare burden associated with cardiovascular diseases.

VEJA TAMBÉM: